Foco Legislativo

Rosana Martinelli sugere ações para combate ao feminicídio no Brasil

Com Ag. Senado. - 02/07/2024
 

A senadora Rosana Martinelli (PL-MT), em pronunciamento nesta terça-feira (2), chamou a atenção para a quantidade de feminicídios registrados no país. A parlamentar destacou que a violência contra as mulheres é uma realidade alarmante e exige ação imediata.

— Temos que intensificar as campanhas de conscientização sobre a violência contra as mulheres. A educação nas escolas é crucial para promover a igualdade de gênero desde cedo, desconstruindo estereótipos e ensinando respeito mútuo. A mídia também tem um papel vital em moldar atitudes e comportamentos, e deve ser utilizada como uma ferramenta poderosa para disseminar mensagens de respeito e igualdade — disse.

A impunidade, segundo a senadora, é um dos maiores incentivadores da violência. A parlamentar defendeu um sistema de justiça mais ágil e eficaz na investigação e punição dos crimes de feminicídio, com a aplicação rigorosa das leis e responsabilização dos agressores.

— A luta contra o feminicídio é uma responsabilidade de todos nós. Não podemos aceitar que mulheres continuem sendo assassinadas simplesmente por serem mulheres. Devemos exigir políticas públicas eficazes, apoiar as organizações que defendem os direitos das mulheres e, acima de tudo, trabalhar para transformar nossa cultura de violência em uma cultura de paz e respeito. Que possamos honrar a memória de todas as mulheres que perderam suas vidas e lutar incansavelmente por um Brasil onde nenhuma mulher tenha seu destino interrompido pela violência de gênero e juntos podemos e devemos fazer a diferença, ajudando as mulheres a perderem o medo e cuidar de todas nós — afirmou.
Com Ag. Senado.