GERAL

Assessor de Investimento tem pedido de desligamento de escritório engavetado, e AIs Livres denuncia caso ao MPT

[email protected] cofundador - sábado, 25 de junho de 2022
 

A AIs Livres entrou com denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho para garantir que assessores de investimentos possam ter pedido de desligamento dos atuais escritórios de forma justa. Segundo a associação, tem sido recorrente o envio de mensagens e denúncias de AI que não conseguem sair de um escritório e ir para outro que deseja sem ter perdas de ganhos acumulados com os serviços prestados.

Vídeo postado no Instagram da Ais Livres traz o relato de um assessor de investimento que passa pela situação e outros reforçam o ocorrido nos comentários.

Sobre o assunto a AIs Livres, destacou que não houve nenhuma manifestação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD). Fato considerado para levar a denúncia ao MPT-SP.

“Se isto não é um emprego e não é uma sociedade só pode ser uma forma moderna de escravidão. A CVM e a ANCORD não fazem nada e o profissional tem que contratar um advogado para defender seu direito constitucional de trabalhar. O AIs Livres sabe que a grande maioria dos escritórios de Assessores de Investimentos são sérios e não tem esta prática de segurar AIs em seus contratos sociais, mas mesmo assim já recebeu centenas de denúncias como esta e foi por isto entramos com uma denúncia no Ministério Público do Trabalho”, trecho da publicação da AIs Livres no Instagram. 

Ainda segundo o diretor da AIs Livres, Gustavo Araújo, todo o ocorrido levanta o questionamento sobre desorganização e desídia da CVM e da ANCORD. Para ele a demora é injustificada e passível de que outros assessores de investimentos recorram à Justiça.

Saiba mais sobre a AIS LIVRES

AIs Livres é uma organização criada em 2019 para defender os interesses dos Assessores de Investimentos (AIs) Pessoa Física, com o objetivo de organizar, de forma independente, liberal e livre, os pleitos dos agentes autônomos de investimentos perante a Corretoras, Governo, Gestoras, CADE, Parlamentares, Membros do Executivo, Bolsa e CVM.

A  Associação dos Assessores de Investimentos AIs Livres desempenhou papel fundamental para ter êxito na aprovação da Medida Provisória 1.072/2021. Os membros e diretores da associação intermediaram a discussão com o Ministério da Economia e com o Legislativo e promoveram Audiências Públicas que culminaram na medida aprovada e na mudança da forma de cálculo da taxa de fiscalização dos mercados de títulos e valores mobiliários, reajustando valores segundo o patrimônio líquido dos contribuintes. Com isso, foi garantida a redução de até 80% na cobrança da taxa que custeia as atividades de supervisão e fiscalização legalmente atribuídas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Nota da redação:

Se alguma pessoa ou instituição foi ou se sentiu prejudicada, tem espaço garantido para direito de resposta.

[email protected]