Eleições 2018 no JF

PSD DESISTE DE APOIAR ALCKMIN E VOLTA A APOSTAR NA CANDIDATURA AFIF

Coluna Política - por Carla Castro. - quarta, 04 de julho de 2018
 

A cúpula do Partido Social Democrático (PSD) está prestes a definir seu rumo diante das eleições de 2018. Avaliações positivas sobre decidir candidatura da própria sigla, encabeçada por Guilherme Afif Domingos serão divulgadas já nesses dias. Conforme a executiva nacional “o PSD está pronto para lançar uma candidatura própria na disputa do pleito presidencial”, diz fonte ligada a ‘caciques’ da legenda partidária.

Segundo interlocutores ligados a executiva do PSD, a cúpula e demais integrantes fortalecerão a candidatura de Guilherme Afif à Presidência da República. A mesma fonte afirmou que o PSD irá anunciar nos próximos dias a desistência do apoio aos projetos do tucano Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB ao Palácio do Planalto.

Sobre Guilherme Afif Domingos 

Guilherme Afif Domingos é um nome nacionalmente conhecido desde 1989, quando disputou a primeira eleição direta para Presidente da República, após a redemocratização. Empresário e político, já tinha ocupado cargos importantes no Estado de São Paulo antes de 1986, quando obteve a terceira maior votação do país, como deputado federal (mais de 500 mil votos), pelo PL – Partido Liberal. Eleito Deputado Constituinte, sua brilhante atuação foi destacada pela mídia nacional, episódio que o motivou a disputar as eleições presidenciais de 1989 – pleito que concorreram 17 candidatos – ocasião que obteve 3,2 milhões de votos, ocupando a sexta colocação e ficando à frente de figuras importantes como Ulisses Guimarães (PMDB), Roberto Freire (PCB); ex-vice-presidente Aureliano Chaves (PFL); Fernando Gabeira (PV) dentre outros. Com slogan: “juntos chegaremos lá”, Afif ficou inesquecível. Ano de 2006, mesmo diante do amplo favoritismo de Eduardo Suplicy apoiado pelo governo Lula, concorreu para o Senado da República pelo Estado de São Paulo, conquistando 8,2 milhões de votos (43.70%) fato que surpreendeu a classe política, levando-o em 2010 a compor a chapa (vitoriosa) como vice, do ex-governador Geraldo Alckmin.

Seu rompimento com o ex-governador Geraldo Alckmin se deu pouco tempo depois da eleição, quando se aliou ao ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, para fundarem o PSD. Guilherme Afif Domingos – caso consolide sua candidatura – será o único presidenciável que representará um segmento importante da sociedade: empresários, e os micro e pequenos empreendedores.

Considerado como o pai do “simples” um tipo de imposto único para pequenos e médios empresários, Afif Domingos é respeitado neste setor pela sua ferrenha postura contra a enorme carga tributária ora praticada no país, para ele, fator desestimulante para o empreendedorismo e sobretudo, para sobrevivência da atividade produtiva. A frente do SEBRAE tem desenvolvido um trabalho modernizador e revitalizante na área do empreendimento, apesar das dificuldades que atravessa o país, mergulhado em uma profunda crise econômica e política.