Justiça em Foco

OAB-DF: Jovens advogados poderão ser professores da ESA

OAB & Cia

Segunda-Feira, Dia 19 de Dezembro de 2016

Curso de capacitação dos novos professores visa qualificar os advogados iniciantes para que eles conquistem espaço no mercado de trabalho
 

Como política de incentivo a advogados iniciantes que planejam seguir carreira acadêmica, a OAB Jovem, em parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA), iniciou o projeto “Curso de Capacitação de Novos Professores”. O curso é uma iniciativa inédita da nova gestão da OAB que visa capacitar e desenvolver as habilidades dos advogados do Distrito Federal para atuar como professores da ESA/DF.
 
O curso pretende capacitar o advogado, permitindo a aquisição de experiência e oferecendo as oportunidades necessárias para se tornar um professor, é o que garante Rodrigo Becker, diretor-geral da Escola. Para o diretor, muitos advogados possuem a vontade de transmitir conhecimento e ingressar na carreira acadêmica, porém faltam oportunidades de adquirir a experiência necessária. “Vários advogados têm um viés acadêmico e gostam de ser formadores de opinião, mas falta uma capacitação adequada. O curso pretende preencher essa demanda”, afirma Becker.

O projeto Jovem Professor foi encabeçado pela secretária-geral adjunta do Conselho Jovem da OAB/DF, Marcela Furst Signori Prado. Marcela conta que o curso de formação ensinará ao advogado como funciona a instituição de ensino e como se faz um plano de aula coerente com a matéria escolhida. “O interessado deve estar disposto a fazer o curso e uma monitoria com um professor experiente para se tornar apto a dar aulas”, esclarece. Segundo ela este procedimento existe para qualificar ainda mais o jovem advogado e para garantir a continuidade da excelência da Escola.
 
A partir desta iniciativa, a ESA será uma porta de entrada no mundo acadêmico para o Advogado Iniciante. As aulas também são uma forma de inserir o recém formado no mercado de trabalho. O presidente do Conselho Jovem da Seccional, Camilo Noleto, considera a oportunidade uma boa motivação para o jovem advogado buscar seu lugar no meio acadêmico. “Entendemos que o projeto seja uma valiosa oportunidade para a Ordem incentivar os jovens advogados a se inserirem no magistério, sendo este um “ponta pé inicial” na vida destes futuros professores”, disse.
 
Fernando Fernandes, membro da OAB jovem, será candidato ao posto de professor do projeto. O advogado diz ver no projeto uma excelente oportunidade para iniciar, junto à ESA, uma carreira à qual provavelmente não teria acesso no mercado de trabalho. “O fato é que na ESA o jovem advogado que pretenda se engajar no magistério terá condições de ministrar aulas em assunto que tenha domínio e aperfeiçoar mais esta faceta de sua vida profissional”, afirma. A previsão para o início das aulas é o primeiro semestre de 2017.
 
Veja a lista de colaboradores do projeto:
Alyxandra Mendes – Conselheira
Aline Woo – Conselheira
Camilo Noleto – Presidente do Conselho
Emmanuel Sales – Conselheiro
Fernando Fernandes – Conselheiro
Jéssica Berlucci – Conselheira
Leandro Portes – Conselheiro
Leandro Salazar – Conselheiro
Ludmilla Vieira – Conselheira
Ricardo Sakamoto – Conselheiro
Tatiana Viotti – Conselheira
Vinícius Pires – Conselheiro

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com OAB-DF. Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro


OAB & Cia


Indique a um amigo
Imprimir notícia 
Últimas Notícias

Outras Notícias Clique Aqui


Deixe um comentário

O código de validação é 8007